Abordagem sobre agrotóxicos em uma sequência didática colaborativa baseada em questões sociocientíficas

  • Maria Aparecida da Silva Andrade Universidade Federal da Bahia; Universidade Estadual de Feira de Santana
  • Dália Melissa Conrado Universidade Federal da Bahia; Universidade Estadual de Feira de Santana
  • Nei de Freitas Nunes-Neto Universidade Federal da Bahia
  • Rosiléia Oliveira de Almeida Universidade Federal da Bahia
Palavras-chave: Questões sociocientíficas, educação CTSA, ação sociopolítica, ensino de ciências, agroecologia

Resumo

Tradicionalmente, o ensino de ciências vem sendo realizado com base em pressupostos muitas vezes cientificistas, resultando na construção de visões de ciência fragmentadas e acríticas. A educação baseada nas questões sociocientíficas é uma forma de organizar propostas curriculares e ações de acordo com os pressupostos do movimento ciência, tecnologia, sociedade e ambiente (CTSA). Este artigo tem por objetivo avaliar a mobilização de conteúdos conceituais, procedimentais e atitudinais na construção e na aplicação colaborativa de uma sequência didática a partir de uma Questão Sociocientífica (QSC) sobre agrotóxicos sob a perspectiva da educação CTSA. Este estudo foi realizado em um curso profissionalizante de agropecuária, com uma professora e quinze estudantes. A coleta de dados ocorreu a partir de observação, anotações em caderno de campo, discussão de textos com a professora regente e aplicação de questionários e entrevistas semiestruturadas. Atribuímos significados aos dados a partir da análise de discurso. A aplicação da sequência didática gerou a mobilização de conteúdos conceituais, procedimentais e atitudinais pelos estudantes. A abordagem da QSC no contexto da educação CTSA contribuiu, por meio da mobilização destes conteúdos, para a formação política, científica e cidadã dos envolvidos na pesquisa, culminando na realização de ações sociopolíticas. Do ponto de vista colaborativo, observamos que os professores se sentem responsáveis pela formação moral dos estudantes, no entanto, enfrentam dificuldades frente ao currículo disciplinar.

Publicado
2016-07-05
Secção
Integração de conteúdos CTS nos currículos nos países Ibero-americanos