Ensino investigativo com enfoque CTS/CTSA e sustentabilidade na formação continuada de professores de ciências da natureza

  • Sidnei Quezada Meireles Leite Instituto Federal do Espírito Santo
  • Vilma Reis Terra Instituto Federal do Espírito Santo
  • Elizabeth Detone Faustini Brasil Universidade Federal do Espírito Santo
Palavras-chave: Ensino investigativo, ciências da natureza, educação CTS/CTSA, sustentabilidade

Resumo

O objetivo dessa investigação foi o de analisar a formação continuada de professores de Ciências da Natureza da Rede Estadual de Educação Básica no Estado do Espírito Santo, Brasil, realizada em 2011, à luz do ensino investigativo e do enfoque Ciência-Tecnologia-Sociedade-Ambiente (CTS/CTSA). Esta formação abordou práticas experimentais investigativas e uso de espaços de educação não formal, culminando na publicação do livro que reuniu algumas propostas pedagógicas elaboradas pelos professores do ensino secundário. Nossa análise foi baseada nos pressupostos do ensino por investigação, conforme proposto por Gil & Castro, Moeed e Carvalho; e o enfoque CTS/CTSA proposto por Aikenhead, Santos & Auler, e Cachapuz, Gil-Perez, Carvalho, Praia & Vilches. Boa parte dos professores que participou da formação não conhecia a perspectiva CTS/CTSA. Concluiu-se que a formação continuada foi realizada na perspectiva do ensino investigativo com enfoque CTS/CTSA, sendo, talvez, um caminho para a sustentabilidade regional e a melhoria da qualidade da educação científica das escolas secundárias do Estado do Espírito Santo, Brasil.

Publicado
2016-07-05
Secção
Formação de Professores – Que avanços e boas práticas partilhar?