A contribuição da arte para a formação inicial de professores de Química

  • Luciana Mamus Guimarães Universidade Federal do Paraná
  • Camila Silveira da Silva Universidade Federal do Paraná
Palavras-chave: Formação inicial de professores, CTS-arte, ensino de química

Resumo

O presente trabalho analisa a contribuição da arte para a formação inicial de professores de química, pautando-se na análise do desenvolvimento de uma performance artística desenvolvida no âmbito do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docencia (Pibid) de uma universidade pública federal brasileira e apresentada em um Sarau temático sobre ciência e arte. O ponto de partida para o desenvolvimento da performance foi o poema “Lição sobre a água”, de António Gedeão. A investigação desenvolvida é de cunho qualitativo apoiada nos pressuspostos teóricometodológicos da pesquisa participante. Os dados da pesquisa se constituíram a partir de um grupo focal que contou com a participação dos sete licenciandos em química, das duas pesquisadoras (sendo uma delas também licencianda) e do professor/coreógrafo. A partir das falas dos sujeitos, evidenciamos contribuições para a formação inicial de professores, priorizando aspectos técnicos, científicos, socioculturais, afetivos, axiológicos, cognitivos, motores e emocionais. A performance artística se configurou como uma estratégia formativa valorosa, pautada nos princípios da educação não formal, na perspectiva CTS-arte, promovendo aprendizagens e produzindo saberes sobre a formação inicial de professores de química.

Publicado
2016-07-05
Secção
Formação de Professores – Que avanços e boas práticas partilhar?