Formação continuada de professores em ensino experimental das ciências – a reflexão como estratégia para a melhoria das práticas no 2.º ciclo do Ensino Básico

  • Susana Alexandre dos Reis NIDE - Núcleo de Investigação e Desenvolvimento em Educação – Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Instituto Politécnico de Leiria
  • Rui Marques Vieira CIDTFF - Centro de Investigação Didática e Tecnologia na Formação de Formadores; Departamento de Educação e Psicologia - Universidade de Aveiro
Palavras-chave: Formação de Professores, Ensino Experimental, Reflexão

Resumo

O presente estudo centra-se no papel da reflexão na melhoria das práticas dos professores de ciências, durante a implementação do “Programa de Formação Continuada de Professores do 2.º Ciclo do Ensino Básico em Ensino Experimental das Ciências”. Este programa desenvolveu-se num ambiente colaborativo entre formador e professores-formandos, destacando-se o papel da reflexão oral entre formador e professor-formando para a implementação efetiva de atividades práticas e experimentais com os alunos daquele nível de ensino. O desenho da presente investigação foi de natureza qualitativa, procurando-se compreender o processo formativo de quatro professoras-formandas durante a sua formação continuada optandose assim por um estudo de caso, de natureza descritiva-interpretativa. Assim, procedeu-se à gravação áudio das reflexões orais entre formador e professor-formando, à sua transcrição e tratamento, à análise, por um lado, das respostas obtidas no questionário de avaliação do programa de formação continuada e, por outro, dos portefólios de cada uma das quatro professoras colaboradoras. A análise de conteúdo realizada aos dados obtidos parece mostrar que as quatro professoras destacam como fundamental o papel da reflexão oral com o formador, que lhes permitiu identificar aspetos positivos e aspetos menos positivos das suas práticas em sala de aula, realçando o papel do formador no seu constante questionamento, o qual proporcionou uma reflexão sobre as práticas didático-pedagógicas implementadas. Estes resultados evidenciam assim a importância da reflexão como estratégia formativa para o desenvolvimento pessoal, profissional e social de professores de ciências do 2.º Ciclo do Ensino Básico.

Publicado
2016-07-05
Secção
Formação de Professores – Que avanços e boas práticas partilhar?