As contribuições da análise de redes sociais nas pesquisas do ensino de ciências no Brasil

  • Márcia Bengio de Albuquerque Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca – CEFET/RJ
  • Thiago Brañas de Melo Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca – CEFET/RJ; Instituto Federal do Rio de Janeiro – IFRJ
  • Marco Aurélio Ferreira Brasil da Silva Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca – CEFET/RJ
  • Alvaro Chrispino Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca – CEFET/RJ
Palavras-chave: Análise de Rede Social, Ensino de Ciências no Brasil e Ciência, Tecnologia e Sociedade

Resumo

O presente artigo tem por objetivo mostrar como os resultados, obtidos por meio da Análise de Redes Sociais, podem auxiliar na gestão do conhecimento da área de Ensino de Ciências no Brasil sob o enfoque Ciência, Tecnologia e Sociedade. Quando vista como ferramenta estratégica, os gestores podem utilizá-la para visualizar, compreender, planejar e priorizar as mudanças e intervenções para melhorar as conexões sociais e os fluxos de conhecimento, ou seja, identificar e corrigir as possíveis falhas nos processos de construção do conhecimento da área de Ensino de Ciências no Brasil com enfoque Ciência, Tecnologia e Sociedade, fortalecendo e aumentando as relações interorganizacionais para uma melhor partilha de conhecimento.

Publicado
2016-07-05
Secção
Formação de Professores – Que avanços e boas práticas partilhar?