Educação em química para a sustentabilidade no ensino secundário geral de Moçambique: construção e validação de um instrumento de análise

  • Egídio Raúl Chilaule Universidade de Aveiro, Departamento de Educação
  • Maria Arminda Pedrosa Unidade de I&D nº70/94, Química-Física Molecular/FCT, UID/MULTI/00070/2013; Departamento de Química, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade de Coimbra
  • Nilza Maria Vilhena Nunes da Costa Universidade de Aveiro – Centro de Investigação Didática e Tecnologia na Formação de Formadores, Departamento de Educação e Psicologia
Palavras-chave: Educação em química, educação para a sustentabilidade, políticas educativas, materiais curriculares

Resumo

Apresenta-se o processo de construção e validação de uma grelha de análise e exemplos de resultados obtidos com a sua aplicação ao corpus de dados. A grelha foi concebida para ser usada segundo a técnica de análise de conteúdo e tem como objetivo investigar a conformidade, ou não, de documentos de política educativa e curriculares do Ensino Secundário Geral de Moçambique com recomendações de investigação científica pertinentes e com documentos nacionais e internacionais orientadores de educação em ciências para a sustentabilidade, numa perspetiva de promoção de literacia científica e de cidadania. A grelha de análise foi avaliada por um painel de três juízes e aplicada a uma amostra do corpus de dados. Os resultados da validação mostram que, em geral, a grelha está bem estruturada, adequa-se aos objetivos pretendidos, as
categorias de análise estão bem articuladas e são pertinentes para os níveis de análise. Eliminados dois indicadores sobrepostos e incluído um indicador explícito sobre direitos humanos, a grelha pode ser utilizada para análise documental que se pretende e orientou a sua elaboração.

Publicado
2016-07-05
Secção
Literacias e Sustentabilidade – E depois das Décadas?