A abordagem CTS na termoquímica em livros didáticos brasileiros de química

  • Roseane Freitas Fernandes Universidade de Brasília
  • Gabriela Monteiro Costa Universidade de Brasília
  • Gerson de Souza Mól Universidade de Brasília
Palavras-chave: Educação CTS, livro didático de Química, termoquímica

Resumo

No contexto brasileiro, o livro didático é uma das principais fontes de informação e conhecimento para alunos e professores. Diante disso, o governo brasileiro, por meio do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), tem investido na aquisição e distribuição de obras didáticas a alunos de escolas públicas da Educação Básica. Este trabalho tem o objetivo de investigar como a abordagem Ciência-Tecnologia-Sociedade (CTS) está presente nas quatro coleções de livros didáticos de Química aprovados pelo PNLD para o triênio 2015-2018. Esse interesse deve-se ao fato de ser o livro didático o recurso que mais direciona o processo de ensino-aprendizagem em sala de aula. A análise, de natureza quanti-qualitativa, baseou-se na construção de indicadores, de acordo com os principais pressupostos da Educação CTS, na perspectiva de formação para o exercício da cidadania. Para uma análise mais aprofundada, foi escolhido o conteúdo da Termoquímica, por ser esse um conteúdo básico com grande potencial para trabalhar as relações CTS. Os resultados apontaram que a abordagem CTS apresenta-se de forma muito fraca em dois dos quatro livros didáticos, não contemplando adequadamente aspectos essenciais para uma formação mais ampla dos alunos.

Publicado
2016-07-05
Secção
Integração de conteúdos CTS nos currículos nos países Ibero-americanos