Perusall: uma simbiose entre machine learning e pedagogia

Palavras-chave: Machine learning, Inteligência artificial, Perusall, leitura colaborativa, inquiry-based learning, educação a distância

Resumo

Neste trabalho apresentamos um estudo exploratório que visa contribuir para uma melhor compreensão das potencialidades da inteligência artificial e em particular do machine learning nas práticas pedagógicas, quer ao nível do envolvimento dos estudantes, quer ao nível do trabalho do professor no acompanhamento do processo de aprendizagem e avaliação dos estudantes. Foi utilizada a ferramenta de leitura colaborativa Perusall que analisa as interações dos estudantes e o conteúdo dos comentários, através de um algoritmo de qualidade, fornecendo diversos relatórios e atribuindo notas individuais de acordo com 6 parâmetros. O Perusall, integrado no moodle da Universidade Aberta, foi utilizado no âmbito de uma unidade curricular do 2º ano, da licenciatura em Educação. Foi desenhada uma atividade inspirada no Inquiry-Based Learning, com a duração de 1 mês, onde se pretendia a leitura de um documento de 43 páginas, elaboração de 3 questões, resposta a 2 questões dos colegas e votação nas 3 melhores questões (baseadas em parâmetros de qualidade fornecidas pelo professor). No final da atividade, os estudantes responderam a um questionário sobre a ferramenta e estratégia pedagógica. Foram envolvidos 246 estudantes (referente a 2 anos letivos) dos quais 204 concluíram a atividade. Os resultados, baseados nos dados do Perusall e nos relatórios dos estudantes, evidenciam altos níveis de motivação que poderão traduzir-se numa leitura mais atenta e numa aprendizagem mais consolidada, contribuindo ainda para uma maior autorregulação e corregulação. Do ponto de vista do professor, a inteligência artificial facilita o acompanhamento individual e coletivo e torna o processo de avaliação mais célere e objetivo.

Publicado
2022-07-20
Como Citar
Francisco, M., & Amado, C. (2022). Perusall: uma simbiose entre machine learning e pedagogia. Indagatio Didactica, 14(1), 133-148. https://doi.org/10.34624/id.v14i1.29626
Secção
Tecnologias da informação em educação