Supervisores em contexto de formação de professores: constrangimentos e desafios

Palavras-chave: Supervisão, Mestrado, Supervisores, Formação, Escola

Resumo

No quadro de um estudo mais alargado1 sobre Supervisão2, analisam-se, neste texto, as perceções de supervisores em cursos de formação de professores de uma instituição pública de ensino superior em Portugal. Os dados das entrevistas foram submetidos a análise de conteúdo, destacando-se como principais resultados os seguintes: sobre constrangimentos ao exercício da supervisão, o desconhecimento de contextos, sujeitos e práticas, a dificuldade na conciliação de horários, a diversidade de perceções do papel atribuído à instituição formadora, ao formando, à escola e ao professor cooperante, a não profissionalização e experiência no ensino básico do supervisor da instituição formadora, a sobrecarga de trabalho dos professores cooperantes e supervisores; sobre o papel do supervisor, destaca-se a importância de reconhecer, valorizar e integrar diferentes dimensões, bem como diferentes conhecimentos e atores que circulam na prática supervisiva; sobre as competências dos supervisores, evidencia-se o ser capaz de observar e acompanhar o processo de intervenção dos estagiários, colocando-se o supervisor em permanente processo de desenvolvimento profissional, criando oportunidades de aprendizagem entre os estagiários, os professores cooperantes e os supervisores da instituição de ensino superior; sobre os desafios à atividade supervisiva, aponta-se a necessidade de manter uma relação de confiança, capaz de criar partilha, escuta, coconstrução e reflexão comprometida com a intervenção transformadora de práticas instituídas e instituintes. Apesar das dificuldades, os supervisores valorizam o papel da Supervisão na formação de professores como espaço de construção de conhecimento para todos os envolvidos.

Publicado
2021-10-19
Secção
Supervisão