A integração das TIC na formação inicial de professores: análise de normativos portugueses e europeus

Palavras-chave: Competências digitais, Ensino superior, Formação inicial de professores, Legislação, Tecnologias da informação e comunicação

Resumo

Este artigo é resultante da investigação feita em normativos e legislação portuguesa e europeia orientadas para a formação inicial de professores, com vista a identificar em que medida e como tais documentos consideram a integração das tecnologias da informação e comunicação. A Análise de Conteúdo foi o procedimento metodológico que se mostrou adequado para a análise do corpus documental, que resultou em um sistema de categorias, que contemplam: à formação inicial de professores em Portugal e na Europa, às tecnologias da informação e comunicação nas suas vertentes educativa e económica, e as competências digitais requeridas, em Portugal e na Europa, de professores e cidadãos. Os resultados obtidos permitiram análises nos âmbitos português e europeu nas temáticas abordadas no sistema de categorias, que indicaram algumas limitações, nomeadamente na necessidade de se estabelecer uma maior uniformidade entre os sistemas educativos dos países europeus no que diz respeito à formação inicial docente. Concluiu-se ainda que tanto Portugal como vários países que compõem a União Europeia possuem normativos e legislação que orientam para a integração das tecnologias da informação e comunicação no contexto da formação inicial de professores.

Publicado
2021-07-28
Secção
Tecnologias da informação em educação