A perspetiva CTS nos manuais escolares de Física angolanos da 10.ª classe: uma análise dos capítulos de termodinâmica

Palavras-chave: Angola, manuais escolares de Física, ensino com orientações CTS, termodinâmica

Resumo

Neste trabalho analisa-se em que medida os manuais escolares de Física da 10.ª classe do ensino secundário em Angola apresentam, nos capítulos de termodinâmica, propostas pedagógicas promotoras de um ensino com orientações CTS. Para tal, foram analisados os capítulos de termodinâmica de três manuais escolares de Física, disponiveis no mercado livreiro angolano. Fez-se uma análise de conteúdo dos documentos, a qual foi apoiada por uma grelha de análise utilizada noutros estudos. Os resultados obtidos permitem constatar que os capítulos de termodinâmica não são consistentes com um ensino com orientações CTS: as secções destes capítulos encontram-se organizadas por conteúdos académicos; relações CTS são pontualmente inseridas nos textos dos capítulos de termodinâmica e enfatizam uma relação linear da termodinâmica/tecnologia para a sociedade e as poucas atividades propostas não apresentam traços CTS. Estes resultados parecem evidenciar a necessidade de se repensar o paradigma epistemológico didático que sustenta a idealização e conceção destes manuais escolares de modo a que estes posam veicular a ideologia da atual LBSEE.

Publicado
2021-02-11
Secção
Desenvolvimento curricular e didáctica