Aprendizagem em ambientes virtuais: uma experiência de formação de mediadores em EaD

  • Ilka Marcia Ribeiro Serra Universidade Estadual do Maranhão
  • Maira Oliveira Pereira Universidade Estadual do Maranhão
  • Eliza Flora Muniz Araújo Universidade Estadual do Maranhão
  • Danielle Martins Leite Fernandes Lima Universidade Estadual do Maranhão
Palavras-chave: Investigação qualitativa, interação, mediação, protagonismo estudantil, educação a distância

Resumo

Este artigo analisa as percepções e vivencias dos estudantes em um curso de formação de mediadores para a educação a distância. Trata-se de uma pesquisa descritiva, tipo estudo de caso, com um enfoque misto orientado qualitativamente. Os dados foram coletados a partir da técnica de observação não participante e de questionário disponibilizado na sala virtual. São analisados os diversos formatos de interação com especial destaque para as interações estudante-estudante, estudante-professor mediador, estudante-conteúdo. Os resultados indica­ram a prevalencia da interação estudante-professor mediador sobre as demais, tais interações foram potencializadas pelo ambiente dialógico e a habilidade do professor-mediador em criar condições favoráveis a sua ocorrência. Os estudantes mostraram certas habilidades para a aprendizagem autônoma e colaborativa.

Publicado
2020-03-31
Secção
Supervisão