Das experiências imaginadas às experiências simuladas: o papel dos jogos sérios na aprendizagem de Física conceptual

  • Jorge Fonseca e Trindade Instituto Politécnico da Guarda; Centro de Física da Universidade de Coimbra
  • Teresa Fonseca Instituto Politécnico da Guarda; Grupo de Pesquisa Movimiento Humano, Univ. Lleida
  • Lara Trindade Universidade de Coimbra
Palavras-chave: imagética mental, simulações, jogos sérios, ensino/aprendizagem, física

Resumo

Utilizou-se o jogo sério “Portal 2” para o estudo de conceitos de mecânica clássica de Física, com alunos de engenharia do primeiro ano do ensino superior, com insucesso escolar recorrente.
A amostra do estudo foi composta por dezasseis alunos, igualmente repartidos pelos grupos experimental e de controlo. O estudo decorreu durante seis semanas, com uma duração total de vinte e duas horas. Comparativamente ao grupo de controlo, verificou-se que os alunos que jogaram o “Portal 2” aprenderam melhor os conceitos de Física, indiciando que os jogos sérios podem facilitar a aprendizagem qualitativa de conceitos de Física.

Publicado
2018-12-19
Secção
Tecnologias da informação em educação