“Separa que o Planeta Repara”: proposta de uma sequência didática sobre separação de resíduos sólidos

  • Juliana Correia Departamento de Educação e Psicologia da Universidade de Aveiro
  • Cecília Guerra CIDTFF, Departamento de Educação e Psicologia, Universidade de Aveiro https://orcid.org/0000-0002-2560-165X
Palavras-chave: Educação, Sustentabilidade, Educação no 1ºCEB, Recursos didáticos, Separação de resíduos

Resumo

A degradação do Planeta tem-se agravado devido à ação do Homem, sendo fulcral alterar pensamentos e práticas dos cidadãos. Neste sentido, a escola tem um grande peso para a consciencialização das crianças para a importância de adoção de práticas sustentáveis para que, futuramente, o Planeta seja um lugar equilibrado do ponto de vista social, económico e ambiental.

Neste artigo apresenta-se o processo de desenvolvimento de uma sequência didática sobre a separação de resíduos sólidos em contexto escolar. O projeto teve como finalidade contribuir para o desenvolvimento de competências de alunos de uma turma de uma Eco-Escola do 1º ciclo do ensino básico. Os dados foram recolhidos através de um inquérito por questionário (aplicado no início e final da sequência), grelhas de observação (com registos durante a implementação da sequência) e o diário da professora-investigadora.

Os resultados evidenciam que a sequência didática teve um impacte positivo no desenvolvimento de competências de alunos envolvidos, particularmente na consciencialização e adoção de práticas sustentáveis relacionadas com a separação de resíduos em contexto escolar.

Como reflexão final pode-se avançar que esta temática deveria ser abordada em todos as áreas e níveis de escolaridade, sustentando os resultados da investigação aqui apresentada, para contribuir para a formação de alunos ativos no que concerne a práticas sustentáveis relacionadas com a separação de resíduos sólidos.

Publicado
2019-12-19
Secção
Desenvolvimento curricular e didáctica