Recursos Educacionais Abertos: a Produsage como Prática Colaborativa em Rede

  • Elena Maria Mallmann Universidade Federal de Santa Maria
  • Rosiclei Aparecida Cavichioli Lauermann Universidade Federal de Santa Maria
  • Mara Denize Mazzardo Universidade Federal de Santa Maria
  • Juliana Sales Jacques Universidade Federal de Santa Maria
  • Sabrina Bagetti Universidade Federal de Santa Maria
Palavras-chave: Recursos Educacionais Abertos, Produsage, Coautoria, Fluência Tecnológico-Pedagógica, Educação Aberta

Resumo

O propósito deste artigo é a reflexão sobre a educação em rede na cultura digital em contextos emergentes marcados pela Web 2.0. No plano metodológico, sistematizam-se princípios e características da Produsage na coautoria em rede, com atenção especial ao papel e à potencialidade dos Recursos Educacionais Abertos (REA). A análise centra-se nas implicações da Fluência Tecnológico-Pedagógica (FTP) no processo de criação, pois implica o desenvolvimento e/ou aprimoramento de um tripé de conhecimentos, que engloba habilidades contemporâneas, conceitos fundamentais e capacidades intelectuais. Conclui-se que a livre circulação de recursos e atividades com permissão para a prática dos 5R (reutilizar, revisar, remixar, redistribuir e reter) dos REA pode gerar movimentos cíclicos em espiral de coautoria nos contextos contemporâneos da interação e colaboração em rede.

Publicado
2019-12-19
Secção
Tecnologias da informação em educação