Possibilidades e limites do uso de tecnologias digitais para alunos com necessidades educacionais especiais

  • Letícia Gonçalves Brambilla Santos Universidade Estadual de Maringá https://orcid.org/0000-0003-3903-4892
  • João Marcelo de Almeida Santos Secretaria da Educação e do Esporte do Paraná
  • Emilene Suzi de Oliveira Secretaria da Educação e do Esporte do Paraná
Palavras-chave: Tecnologias de informação de comunicação, Educação inclusiva, Tecnologia assistiva

Resumo

O presente trabalho propõe possibilidades de criar alternativas para a Educação Especial no contexto brasileiro, visando as tecnologias de informação e comunicação tão inovadoras de nosso mundo atual. A Tecnologia Educacional necessita ser aplicada cada vez mais nas escolas, embora enfrente dificuldades na busca de superação no âmbito social, individual e educacional. O enfoque central deste artigo está no estudo das tecnologias para alunos com necessidades educacionais especiais (NEE) sob a visão de Papert com a abordagem do Construcionismo, derivada do Construtivismo de Piaget, que destaca a importância da construção do autoconhecimento. Uma das tecnologias abordadas é a Tecnologia Assistiva, que engloba todos os recursos e serviços que ampliam habilidades funcionais de pessoas com deficiência, promovendo independência e facilitando a inclusão, como por exemplo, softwares, rampas, barras, dispositivos etc. Eventualmente, um desafio está na formação do professor, que muitas vezes não está voltada para a utilização das tecnologias como práticas educativas, fazendo com que seja concebida como substituta de sua mediação. Contudo, a experiência utilizando tecnologias de informação é positiva para todos, inclusive para os portadores de necessidades educacionais especiais, focalizando o acesso e aprimoramento do conhecimento associado ao processo de apropriação desses recursos tecnológicos, obtendo sempre o aporte do aprender a se comunicar, aprender a aprender, aprender com o outro e aprender a ser.

Publicado
2021-07-28
Secção
Tecnologias da informação em educação