WandaVison e os Processos Cognitivos na Produção Crítica e Criativa do Fandom Brasileiro no Twitter

(WandaVisonand the Cognitive Processes in the Critical and Creative Production of Brazilian Fandoms on Twitter)

Keywords: Ficção Seriada, Processos Cognitivos, Complexidade Narrativa, Twitter, Wandavision

Abstract

Este artigo tem o objetivo analisar os processos cognitivos que estão em operação nos comentários publicados no Twitter no dia do lançamento dos episódios Filmed Before a Live Studio Audience e Don't Touch That Dial de estreia da série WandaVision (Disney +, 2022). Para a discussão desta questão, analisamos sob a ótica dos estudos de Feuerstein et al. (2014), sobre a modificabilidade cognitiva estrutural, os conteúdos compartilhados por oito perfis gerenciados pelo fandom brasileiro dedicado ao universo da trama. Os estudos realizados a partir do final da década de 1990 no âmbito da ficção seriada televisiva estadunidense ressaltam o processo de complexificação das tramas (Mittell, 2015; Jost, 2016). Neste contexto, Johnson (2005) afirma que a cultura popular contemporânea exige maior esforço cognitivo do público. A proposta teórica do autor apresenta um diálogo direto com o conceito modificabilidade cognitiva estrutural (MCE) de Feuerstein et al. (2014). Conclui-se que além de reforçarem e aprofundarem os pontos de amplo universo ficcional da Marvel, os fãs brasileiros estabelecem correlações entre as telenovelas e a série, ressignificando a trama.

(This paper intends to analyze the cognitive processes operating on comments published on Twitter on the day WandaVision’s (Disney+, 2021–) two episodes (“Filmed Before a Live Studio Audience” and “Don't Touch That Dial”) were released. To discuss this issue, we used Feuerstein et al.’s (2010) studies about SCM as a lens to analyze content shared by eight Brazilian fan accounts dedicated to the WandaVisionuniverse. Studies conducted since the late 1990s in the scope of televised serialized fiction highlightthe process of plot complexification(Mittell, 2015; Jost, 2016). Working from this context, Johnson (2012) argues that popular culture requires greater cognitive effort from the audience. Johnson’s (2012) theoretical approach presents direct dialogue with Feuerstein et al.’s (2014) concept of structural cognitive modifiability (SCM). It is concluded that in addition to reinforcing and deepening the points of the broad fictional universe of Marvel, Brazilian fans establish correlations between the telenovelas and the series, giving new meaning to the plot.)

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Daiana Sigiliano, Universidade Federal de Juiz de Fora

Doutoranda e mestre em Comunicação pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Membro do Grupo de Pesquisa em Comunicação, Arte e Literacia Midiática (UFJF) e da Rede Interinstitucional Euroamericana de Competência Midiática para a Cidadania (Alfamed). Vice-coordenadora do Observatório da Qualidade no Audiovisual e da Equipe/UFJF no Obitel Brasil. 

Gabriela Borges, Universidade do Algarve / Universidade Federal de Juiz de Fora

Professora da Escola Superior de Educação e Comunicação da Universidade do Algarve e  do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFJF. Coordenadora do Observatório da Qualidade no Audiovisual e integrante da Rede Interinstitucional Euroamericana de Competência Midiática para a Cidadania (Alfamed), sendo coordenadora da equipe brasileira.

Published
2022-07-29
Section
Dossier no.12 - Emotion and Cognition in Engagement